Em comemoração ao Dia Internacional dos Direitos Humanos, celebrado em 10 de dezembro, o Hospital Estadual Ernestina Lopes Jaime (HEELJ) promoveu uma palestra sobre o tema para pacientes e colaboradores. A ação ocorreu na Recepção da Unidade na manhã do dia 17 de dezembro.

A Assistente Social do HEELJ, Ednalva Pereira, abordou os direitos básicos inerentes a todos os seres humanos, como acesso de qualidade à saúde e educação. “De uma forma simplificada, procurei esclarecer sobre os direitos e desmitificar mitos e conceitos errôneos que muitas vezes a sociedade tem. Direitos humanos é tudo que temos de direitos indispensáveis em nossa vida”, esclareceu Ednalva.

Direito à saúde

Foram apresentadas questões relacionadas aos direitos em relação à vida, à saúde e à dignidade da pessoa humana. Como é o caso do atendimento relacionado ao SUS, fornecimento de medicação, acolhimento e humanização.

De acordo com Ednalva, separar o paciente conforme a necessidade de cada um, com a classificação de risco e a identificação segura, são pontos cruciais que garantem o direito a um atendimento seguro.

Segundo o paciente e pintor Bonfim Alexandre Correa, ele se sentiu esclarecido em relação aos direitos básicos do cidadão. “É a primeira vez que vejo esse tipo de informação. Achei interessante o trabalho que está sendo feito aqui no Hospital. O dia que fiz a cirurgia de fimose, fui bem atendido, com profissionais capacitados, supriu todas as minhas necessidades”, disse Bonfim.

Ajustar fonte