A depressão é um distúrbio afetivo que pode afetar a vida de pessoas em qualquer idade e em qualquer momento da vida. Estima-se que 322 milhões de pessoas no mundo convivem com ela, de acordo com a Organização Mundial da Saúde. É a depressão o tema escolhido para marcar os debates do Dia Mundial da Saúde, comemorado em 7 de março. Pensando nisso, o Hospital Estadual Ernestina Lopes Jaime (HEELJ) será palco para rodas de conversa nos dias 11 e 12 de abril sob o mote “Cuidando de quem cuida”. O evento, totalmente voltado aos 120 colaboradores da unidade, será dividido em três partes: oficina de cuidado com a psicóloga Nilda Lopes, ventosaterapia com o fisioterapeuta Marcos Vinícius e confort food com a nutricionista Amanda Oliveira.

O objetivo é trazer um momento zen para os colaboradores, trabalhando a saúde mental. Haverá uma tenda decorada no jardim interno do HEELJ, com música ambiente, e uma mesa de frutas e brigadeiro. O primeiro turno terá início às 8h da manhã e terminará às 10h. O segundo será das 18h às 19h30. As atividades serão divididas em três equipes por turno, com duração média de 30 minutos cada, para facilitar o revezamento dos colaboradores nos postos de trabalho.

A depressão é um distúrbio afetivo que acompanha a humanidade ao longo de sua história. Entre os sintomas estão a tristeza, o pessimismo e a baixa autoestima. É imprescindível o acompanhamento médico tanto para o diagnóstico quanto para o tratamento adequado.

Ajustar fonte