Para celebrar o Dia da Família, a psicóloga Talissa Rodrigues realizou uma palestra com representantes de todos os setores do Hospital Estadual Ernestina Lopes Jaime (HEELJ), em Pirenópolis. Debaixo de uma árvore do jardim da Unidade, os colaboradores receberam uma frase “A família é nossa raiz”. Para finalizar e aproveitar o vento e a natureza, foi também realizado um mantra.

De acordo com a psicóloga, nesse tempo de pandemia, muitos colaboradores estão dentro da Unidade passando muito tempo longe de suas famílias. “A família não tem como escolher, é de onde nós viemos. Então, para que sejamos felizes, é interessante buscar uma boa relação com nossa família”, explicou.

Na opinião de Talissa, algumas dicas podem ser dadas para fortalecer o convívio familiar como a reciprocidade, o perdão e o diálogo e, assim, mudar vícios de comportamento no ciclo familiar. “Cada pessoa pode empoderar e ser o agente transformador de sua casa. Nós entramos em contato com essa finitude da vida com o COVID-19. Então, é hoje a hora de reforçar laços familiares, uma ligação pode mudar gerações”, enfatizou a psicóloga.

Resolução de conflitos na família

Para a colaboradora Hethyane Couto Rios a palestra a motivou a resolver os conflitos que tem na família e enxergar com outros olhos, através da conversa. “É preciso ter a conexão de um e outro, perdoar, ser mais família para poder estar bem e isso interfere diretamente na qualidade da minha vida e consequentemente onde eu estiver”, relatou.

Segundo o nutricionista Marcos Antônio Medeiros, a palestra trouxe a importância do vivenciar o mundo daquilo que você trouxe da sua família, como os bons costumes, o jeito de ver a vida, o respeito à sociedade e ao próximo. “Cada um vai criar uma nova família e transmitir conceitos daquilo que aprendeu, para que com isso possamos criar uma sociedade justa e defendendo os direitos não individuais e sim de todos”, afirmou.

Ajustar fonte