Quando o assunto é segurança do trabalho, a utilização dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) é parte fundamental para assegurar a proteção dos trabalhadores contra acidentes.

Na área da saúde, as ameaças podem prejudicar o bem-estar e a saúde dos colaboradores. Por isso, utilizar os equipamentos adequados para realizar as tarefas na jornada de trabalho é essencial para prevenir doenças e evitar acidentes.

Os EPIs para os serviços de saúde

Cumprir as normas de segurança é dever de todos. Por isso, todos os colaboradores do Hospital que estão em contato direto com os pacientes, como médicos e enfermeiros, precisam usar os EPIs necessários de acordo com os cuidados a serem prestados, alinhados com o SCIRAS e o SESMT da Unidade.

A higienização e o correto descarte dos EPIs também fazem parte das medidas de segurança. Luvas e capotes, por exemplo, precisam ser trocadas e descartadas após cada procedimento.

Quais os riscos existentes nas Unidades de Saúde?

Os agentes ambientais são os grandes causadores das doenças ocupacionais. Por isso, combater essas ameaças é de extrema importância para proporcionar um local de trabalho mais seguro e protegido.

Os principais riscos existentes são:

  • Risco Biológico
  • Riscos Químicos
  • Radiações Ionizantes
  • Resíduos

Os riscos existem e são inevitáveis, por isso as medidas de segurança devem ser indispensáveis. Os envolvimentos do SESMT e do SCIRAS são fundamentais para o gerenciamento dos risco e sucesso na aplicação da prevenção e proteção junto aos colaboradores.

Ajustar fonte