Com objetivo de promover reciclagem entre os colaboradores do Hospital Estadual de Pirenópolis Ernestina Lopes Jaime (HEELJ), o Serviço de Controle de Infecção Relacionada à Assistência à Saúde (SCIRAS) apresentou orientações e práticas importantes que deve ser seguida pelos profissionais que atuam na unidade de saúde. Uma dinâmica sobre o tema foi realizada para demonstrar a importância da higienização.

“A OMS e ANVISA preconizam 5 momentos para higienização das mãos na assistência. O SCIRAS reforçou nesse treinamento os principais momentos em que os profissionais de saúde devem realizar a higienização das mãos focado nos procedimentos invasivos. Tais recomendações são baseadas em evidências, testadas em campo e centradas no paciente, além de serem projetadas de forma fácil, lógica e aplicável na rotina assistencial. A adesão aos cinco momentos para higienização das mãos são fundamentais para uma cultura de segurança do paciente e na qualidade dos serviços de saúde”, disse o enfermeiro do HEELJ, Hugo Aciole.

Quando higienizar as mãos

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a higiene deve ser feita em 5 momentos:

1) Antes do contato com o paciente.

2) Antes da realização de procedimento asséptico.

3) Após risco de exposição aos fluidos corporais.

4) Após contato com o paciente.

5) Após contato com as áreas próximas ao paciente.

Ajustar fonte