Para reforçar os protocolos de prevenção de infecção primária de corrente sanguínea associado a cateter venoso, o Hospital Estadual Ernestina Lopes Jaime (HEELJ), a Unidade do governo de Goiás realizou novo treinamento com a equipe multidisciplinar e enfermeiros. Foram reforçadas orientações sobre medidas de prevenção durante inserção do dispositivo, higienização adequada das mãos e recomendações para troca do dispositivo.

Para atender a todos os colaboradores de diferentes plantões, as equipes foram divididas em dois dias diferentes. Um dos participantes, o enfermeiro Jefte Sena, o treinamento, possuem um caráter fundamental no desenvolvimento profissional. “Evidenciou a relevância de uma assistência qualificada dos profissionais de enfermagem frente a inserção de Cateter Venoso Periférico e Cateter Venoso Central. Conhecimentos como esses torna a equipe mais empoderada e consequentemente reduz os índices de infecção dentro de nossa unidade”, afirmou o enfermeiro.

Outro ponto importante reforçado na capacitação foi a higienização correta das mãos, precauções com o uso de máscaras, gorros, aventais e luvas e antissepsia da pele com Clorexedina. Segundo o palestrante, o enfermeiro Hugo Acioli, representante da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH), o HEELJ está sempre buscando realizar reciclagem entre os seus colaboradores. “Estamos sempre realizando capacitações para os novos colaboradores e reciclagem para os que já atuam na Unidade”, finalizou.  

Ajustar fonte