Com o evento realizado na recepção, o Hospital Estadual Ernestina Lopes Jaime (HEELJ) convidou o Coral Canarinhos de Pirenópolis e os alunos da escola de música Ita e Alaor para uma cantata de Natal. O Papai Noel foi convidado e distribuiu surpresas para as crianças que estavam na Unidade.

A ação foi pensada para proporcionar aos pacientes um momento de alegria e fazer com que se esqueçam um pouco da rotina de Hospital.  A responsável pela ideia e também gestora de Humanização do HEELJ, Gisela Jaime, sente que humanizar é também trazer felicidade aos pacientes. “Nós fazemos de tudo para estimular e fazer com que os pacientes sintam-se bem, como se estivessem em casa”, disse.

Para acompanhar a cantata, as equipes se organizaram para que o máximo de colaboradores pudesse estar presente. “A expressão da gratidão, no evento, é uma das coisas positivas e significativas na homenagem e o entendimento do que é o Natal, que é o amor e o afeto ao próximo”, afirmou Regilaine da Silva, recepcionista.

Paz e união no Natal

A paciente e escritora Maria de Lourdes Siqueira, relatou o sentimento de vivenciar o momento e a importância desse tipo de ação no processo de recuperação. “O mais importante dessa iniciativa é que a cura não é feita somente com remédios. É preciso haver alguma confraternização, um abraço, uma troca de apertos de mãos”, relatou a paciente.

De acordo com Cerisa Amorim Frota, que faz parte do Coral Canarinhos de Pirenópolis, o intuito é de trazer palavras de amor, paz e união. “O Natal tem tudo a ver com trazer alegria para quem sente dor. Ensinando as pessoas que nem tudo acabou, há sempre uma esperança”, lembrou.

Ajustar fonte