Representantes do Conselho Regional de Medicina do Estado de Goiás (CRMGO) deram posse à nova Comissão de Ética do Hospital Estadual Ernestina Lopes Jaime (HEELJ), em Pirenópolis. Na cerimônia, que ocorreu na última sexta-feira, 22 de fevereiro, foram empossados o Dr. Sandro Rogério Kaku e a Dra. Mithielle Rodrigues Peixoto. O evento contou ainda com a presença dos conselheiros do CRMGO, Dr. Marcelo Macioca e Dr. Antônio Carlos de Oliveira; além do diretor de fiscalização do órgão, Dr. Erso Guimarães.

Para formar a Comissão, o corpo clínico do Hospital realizou uma eleição interna. No total, o grupo conta com 6 integrantes: presidente; secretário; membros efetivos e três médicos suplentes. A Comissão de Ética é obrigatória em toda unidade de saúde que contar com corpo clínico maior do que trinta médicos.

O Dr. Marcelo Macioca ressaltou a importância da Comissão para as instituições de saúde. “Ela zela pelas boas práticas da medicina, fiscalizando o exercício da profissão”, explicou.

Segundo a diretora do HEELJ, Silvana Graziani, a Comissão de Ética  se atente para que as condições de trabalho do médico, bem como sua liberdade, iniciativa e qualidade do atendimento oferecido aos pacientes estejam de acordo com os preceitos éticos e legais que norteiam a profissão.

 

Rigor pela Acreditação

A Comissão de Ética também é uma exigência da Organização Nacional de Acreditação (ONA) – a mais respeitada entidade que certifica a qualidade dos serviços de unidades públicas em saúde do Brasil em acordo com a metodologia reconhecida pela ISQua, International Society for Quality in Health Care; uma associação parceira da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Na oportunidade, Silvana apresentou aos integrantes do CRM as instalações do Hospital, demonstrando as melhorias que a parceria na gestão entre estado e OS vem promovendo no HEELJ. “O Hospital comprova que é possível uma Unidade do Sistema Único de Saúde (SUS) funcionar bem. Nossos colaboradores estão satisfeitos, apesar da rigorosidade instituída por um Sistema Acreditado”, lembrou.

Desde maio de 2018, o HEELJ é acreditado em qualidade e segurança do paciente. Em janeiro deste ano, o Hospital teve o seu certificado renovado por mais um ano e agora está em busca da Acreditação Plena – que é obtida por instituições que, além de atender aos critérios de segurança do paciente, também apresentam uma gestão integrada, com os processos ocorrendo de maneira fluida e com plena comunicação entre as atividades. Trata-se do segundo hospital estadual no interior de Goiás a receber essa certificação.

“Como o HEELJ é acreditado, o grau de exigência é muito alto. Há mais rigor no prontuário eletrônico, nos critérios da segurança do paciente, nos protocolos de cirurgia segura, etc. Isso traz conforto tanto para os colaborares quanto para os pacientes que são atendidos aqui”, reforçou Silvana.

 

Melhorias notáveis

O Dr. Erso Guimaraes, conselheiro do Conselho Regional de Medicina de Goiás há trinta anos, já participou de quatro cerimônia de posse da Comissão de Ética do HEELJ. “Nós participamos para estimular os médicos a efetivamente cumprirem aquilo que precisa ser feito dentro da Comissão. Ou seja, defender a condição de trabalho e a ética dentro da Instituição”, disse.

Após a visita guiada ao Hospital, Dr. Erso aproveitou para ressaltar as melhorias. “Hoje, o Ernestina melhorou bastante. Estamos satisfeitos com as informações do grau de resolutividade, da capacidade do corpo clínico e das condições de trabalho dos médicos da Unidade”, concluiu.

Ajustar fonte