Há mais de um mês operada, a paciente Marta Maria de Araújo, da cidade de Aguas Lindas (GO), precisou realizar uma cirurgia para retirada de uma hérnia na virilha. Em agosto do ano passado, Marta fez a primeira consulta em sua cidade. Após a realização dos exames, ela foi diagnosticada com hérnia Inguinal, e encaminhada para a realização do processo cirúrgico.

Marta soube das referências do Hospital Ernestina, em Pirenópolis, e comemorou quando conseguiu o encaminhamento para a Unidade. Em três meses, realizou a primeira consulta com a cirurgia marcada para 17 de dezembro de 2018.

“Só tenho elogios! Desde a recepção, as porteiras, o maqueiro. Fiquei impressionada com o cirurgião e os anestesistas que vieram conversar comigo no quarto. Recebi também a visita da psicóloga que foi maravilhosa. Eu não tenho nada para reclamar do Hospital”, afirmou. Segundo conta, o HEELJ ofereceu um atendimento diferenciado, com acolhimento e humanização. “Graças à Deus estou bem. Daqui há um mês já volto a fazer exercícios”, ressaltou a paciente.

Centro Cirúrgico

Inaugurado em 2017, o Centro Cirúrgico do HEELJ atende a uma demanda de cerca de 100 cirurgias por mês. Vários tipos de cirurgias podem ser realizados no local, como: cirurgia geral; obstetrícia; ortopedia; otorrinolaringologia; cirurgia pediatria e cirurgia dermatológica. Cirurgias de hérnia, fraturas não complexas e cesarianas estão entre os procedimentos mais realizados na unidade.

Além de Pirenópolis, o Centro Cirúrgico do HEELJ recebe demandas de outros 10 municípios que compõem a região dos Pireneus. Ao todo, conta com 10 leitos cirúrgicos, 20 leitos para clínica médica e dois para semi-intensiva.

Ajustar fonte