Consultas médicas e cirurgias eletivas estavam suspensas desde o início da pandemia do novo Coronavírus


Devido à pandemia do novo Coronavírus, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) suspendeu, em março, todas as consultas e procedimentos eletivos presenciais, ambulatoriais e cirúrgicos. Em cumprimento ao decreto, o Hospital Estadual de Pirenópolis Ernestina Lopes Jaime (HEELJ), unidade do Governo de Goiás, estava com atendimento ambulatorial suspenso desde então.

Com objetivo de realizar uma reciclagem no setor responsável pelo primeiro acolhimento do paciente, profissionais que atuam na recepção do HEELJ receberam orientações sobre a retomada gradativa dos atendimentos ambulatoriais e procedimentos para reagendamento de consultas médicas. A capacitação foi realizada na área externa da unidade.

Sheila Milke, coordenadora da recepção, comemora o sucesso da ação. “Nossa intenção foi realizar um momento de conversa entre as colaboradoras da recepção, fortalecendo o entrosamento da equipe com entusiasmo e parceria para melhoria continua na qualidade do atendimento do HEELJ”, ressaltou.

Durante o treinamento, foi abordado outros temas pertinentes ao setor, como o relatório de custos, indicadores da área e identificação correta dos pacientes. Leda Vasconcelos, diretora administrativa-financeira, reforça a importância de investimos no desenvolvimento profissional. “O HEELJ busca sempre o aperfeiçoamento da sua equipe de profissionais. Somos um hospital que preza pela excelência do atendimento médico”, finalizou.

Ajustar fonte