Todos os dias, estima-se que 30 mil pessoas tiram a própria vida por todo o mundo. O suicídio é uma tragédia silenciosa e é improvável que alguém procure ajuda no momento de cometer suicídio.

É importante estar atento a alguns sinais como: crises de choro, dor, tristeza excessiva e isolamento. Se você conhece alguém que precisa de ajuda, é fundamental escutar e mostrar apoio. Oferecer um ombro amigo pode tirar alguém de momentos de crise.

Também é aconselhado buscar ajuda profissional. Um psicólogo pode conseguir abordar pessoas muito fechadas ou em grave crise, por exemplo. O fato é que o tratamento é essencial e é importante procurar algum profissional que deixe o paciente confortável.

Como obter ajuda

Se você é ou conhece alguém que está passando por dificuldades, entre em contato com o Centro de Valorização da Vida (CVV). Ao ligar para o número 188, é possível conversar com alguém verdadeiramente disposto a ouvir. A ligação é gratuita e válida para todo o país.

Além disso, é possível contar com os Centros de Atendimento Psicossocial (CAPS). Eles atendimento para transtornos psíquicos, abuso de drogas e de álcool. Não se esqueça: toda vida é importante, você não está sozinho!

Setembro Amarelo

Em setembro se comemora o Setembro Amarelo. Ele foi criado pelo CVV para homenagear o Dia Mundial da Prevenção ao Suicídio, que ocorre no dia 10 de setembro.

O intuito é trazer visibilidade e incentivar o diálogo sobre o tema. O suicídio ainda é um grande tabu para muitas pessoas. Por isso é importante criar espaços de fala para esclarecer preconceitos.

Ajustar fonte